5 medidas que podem evitar o desabamento de um edifício

Blog

Os fatores que podem levar a ocorrência de desabamentos de edifícios são vários, mas segundo especialistas, todos são evitáveis.

Assim, é possível se utilizar de algumas práticas para prevenir que essas tragédias venham a acontecer em seu imóvel.

 

Veja agora as 5 principais medidas:

 

  1. Fazer inspeções periódicas e regulares

A falta de inspeção e manutenção em edificações gera muitos prejuízos e altos riscos a moradores, trabalhadores e à sociedade como um todo.

Nelas o inspetor deve dar atenção principalmente aos sistemas de impermeabilização, presença de fissuras e rachaduras, possíveis danos a vigas e outros objetos de sustentação e possíveis corrosões

 

  1. Adotar boas práticas para evitar falhas no projeto e em sua execução

Os fenômenos patológicos podem ser adquiridos ao longo da vida útil da edificação, gerados durante a execução ou ser congênitos.

Este último ocorre por erros de projeto ou não cumprimento das normas técnicas vigentes. As falhas adquiridas durante a execução podem ser causadas pelo uso de materiais diferentes dos especificados no projeto ou por erros de execução dos profissionais. Já os que aparecem ao longo do tempo, apenas manutenções podem solucionar.

 

  1. Prevenir patologias originárias do uso inadequado da estrutura

Falhas que levam ao desabamento também podem ser resultado do uso inadequado da estrutura. Alguns exemplos são falta de limpeza das fachadas (nos casos de concretos aparentes), mudança de uso sem as devidas verificações de cálculo e reforços estruturais como aumento de carga e ausências de manutenções (preventiva e corretiva), conforme as diretrizes das ABNT.

 

  1. Realizar um projeto de recuperação

Toda intervenção estrutural deve ser executada com base em um projeto de recuperação específico.

É importante que síndicos e administradores saibam que apenas um engenheiro civil, arquiteto habilitado ou outro profissional especialista em Patologias das Construções podem avaliar com clareza as condições das estruturas, revestimentos e outros sistemas de edificações.

 

  1. Contratar uma empresa competente de reforma/reparo estrutural

A contratação de uma empresa competente para a realização de reparos estruturais é de extrema importância.

Algumas recomendações são:

- Pesquisar o histórico das empresas;

- Visitar obras já realizadas;

- Ver a opinião de clientes que já utilizaram os serviços;

- Cobrar a apresentação do ART (Anotação de Responsabilidade Técnica).

Assim, você já consegue eliminar da sua lista empreiteiros com baixa qualificação, não levando o fator preço como algo decisivo no primeiro momento.

 

Seguindo essas medidas, as chances de uma catástrofe estrutural acontecer são mínimas.

Tags:
WhatsApp WhatsApp Email Budget Budget
TOPO